Aromaterapia Ayurvédica: equilibre seu dosha através dos óleos essenciais.

A aromaterapia consiste no uso terapêutico dos óleos essenciais. Os óleos essenciais são concentrados aromáticos extraídos de plantas medicinais. Estes concentrados, além de apresentar aromas encantadores e profundos, apresentam efeitos terapêuticos consistentes e confiáveis. Desde o século XX, a Aromaterapia é uma das terapias que mais cresce no mundo.   

Isso acontece por conta da ampla disponibilidade desses componentes aromáticos e também por conta de seu uso facilitado. Além disso, os óleos essenciais agem diretamente no sistema límbico, o centro de comando emocional e mental do ser humano. 

Sendo assim, a aromaterapia é um dos meios naturais mais eficazes e acessíveis para re-equilibrar suas emoções e sua mente.

Neste artigo, você aprenderá qual a relação dessa terapia relativamente nova com uma tradição antiquíssima, a Ayurverda, e como essa relação pode melhorar sua saúde e favorecer seu autoconhecimento. 

 

Ayurveda: uma tradição milenar. 

Desde o princípio, o homem observa a natureza e procura nela as chaves para o seu autoconhecimento. Diferentes culturas desenvolveram diferentes tradições para conectar os elementos da natureza à intimidade do ser humano. 

Uma das mais antigas tradições de saúde através dos elementos da natureza chama-se Ayurveda. Este nome sânscrito significa ciência da vida e da longevidade. 

No cerne desta ciência está o conceito dos três Doshas – os tipos fundamentais da constituição humana: Pitta, Vata e Kapha. Cada um desses Doshas está ligado a diferentes aspectos da natureza humana. 

Identificar seu próprio Dosha é identificar uma série de tendências que vão desde suas características fisiológicas até suas peculiaridades psicológicas. 

Mais importante do que identificar seu Dosha, é aprender a equilibrá-lo. É aqui que a Aromaterapia pode auxiliar (e muito!). Os aromas têm a capacidade de agir não só em seu corpo físico, mas também em seu corpo emocional e até espiritual. Vamos conhecer um pouco mais de cada Dosha e quais os melhores óleos para equilibrá-los?

 

 Kapha

O dosha Kapha é composto pelos elementos Água e Terra e governa a estrutura e coesão do corpo. Quando equilibrado, cria pessoas estáveis, com os pés no chão e calmas. Quando desequilibrado, pode levar à preguiça, obesidade (devido à digestão lenta), embotamento e às vezes até depressão.

Kapha, em seu estado normal, é responsável pela firmeza e estabilidade, manutenção de fluidos corporais, lubrificação das articulações e emoções positivas como paz, amor e perdão.

Quando agravado, produz perda de energia digestiva, acúmulo de catarro e muco, exaustão, sensação de peso, palidez, sensações de frio, frouxidão dos membros, dificuldade de respirar, tosse e desejo excessivo de dormir. Kapha mora no tórax, garganta, cabeça, pâncreas, costelas, estômago, plasma, gordura, nariz e língua. Seu local principal é o estômago, onde se acumula e causa doenças, e de que pode ser expelido diretamente do corpo.

Normalmente, o dosha Kapha precisa ser estimulado – é por isso que os óleos de especiarias são os mais indicados para essa constituição. Esses óleos dão a este dosha o agni necessário para reequilibrar o sistema. Por exemplo, óleo de Pimenta Preta (Piper nigrum), óleo de Pimenta Rosa (Schinus terebinthifolius), óleo de Canela (Cinnamomum cassia) e óleo de Cravo (Eugenia caryophyllata) são excelentes opções para equilibrar esse dosha. 

 Vata

Vata Dosha é composto pelos elementos do Ar e do Espaço (Akasha) e governa todo movimento da mente e do corpo. É o líder dos outros doshas, ​​por isso é muito importante mantê-lo em equilíbrio. Quando o dosha Vata está desequilibrado, o resultado é uma sensação de falta de fundamento e inquietação que, por sua vez, pode criar ansiedade, fadiga e insônia.

Vata, em seu estado natural, mantém a energia da vontade, inalação, exalação, movimento, descarga de impulsos, equilíbrio dos tecidos, acuidade dos sentidos.

Quando agravado, causa secura, descolorações escuras, desejo de calor, tremores, distensão abdominal, constipação, perda de força, insônia, perda de acuidade sensorial, incoerência da fala e fadiga. Vata reside no cólon, quadris, coxas, orelhas, ossos e sentidos de toque. Seu local principal é o cólon, onde se acumula, causa doenças, e da qual pode ser expelido diretamente do corpo.

O Vata Dosha precisa, continuamente, ser aterrado, de modo a canalizar sua energia aérea e mental para uma disciplina produtiva. Por isso, os óleos de raiz são muito benéficos para essa constituição. Por exemplo, óleo de Vetiver (Vetiveria zizanoides), óleo de Nardo (Jatamansi) (Nardostachys jatamansi), óleo de Patchouli (Pogostemon patchouli), óleo de Sândalo (Santalum album) são excelentes opções para equilibrar esse dosha. 

Pitta

O dosha Pitta é composto pelos elementos Água e Fogo e governa o calor, o metabolismo e a transformação corporais. Quando equilibrado, esse dosha reflete energia radiante, boa digestão e agudeza de espírito. Quando desequilibrado, pode haver erupções na pele, dor de estômago, inflamação, doença, raiva e agressividade.

Pitta, em seu estado normal, é responsável pela digestão, calor, percepção visual, fome, sede, brilho da pele, inteligência, determinação, coragem e suavidade do corpo.

Quando agravado, causa descoloração amarela da urina, fezes, olhos e pele, e pode criar fome, sede, ardor sensações e dificuldade em dormir. Pitta reside no intestino delgado, estômago, suor, sebo, sangue, plasma e sentido da visão. Sua localização principal é o intestino delgado, onde se acumula e a partir do qual pode ser expulso diretamente do corpo.

O equilíbrio do Dosha Pitta envolve óleos essenciais que promovam a calma e o resfriamento do sistema. É por isso que os melhores óleos para essa constituição são óleos doces, calmantes e sedativos. Algumas opções: óleo de Lavanda Highland (Lavandula angustifolia), óleo de Camomila Azul (Matricaria recutita), óleo de Ylang Ylang (Cananga odorata)

Blends Sama Dosha

Além dos óleos essenciais já mencionados, a Oshadhi criou uma linha exclusiva de blends com a finalidade de equilibrar os três Doshas. Estes blends são combinações aromáticas altamente refinadas e embasadas no milenar conhecimento védico.

Blend Sama Dosha Kapha

Normalmente, o dosha Kapha precisa ser estimulado – é exatamente isso o que o Blend Dosha Kapha faz. Esta sinergia estimula e revigora o corpo e a mente, trazendo especiarias capazes de neutralizar a tendência à inércia característica ao Dosha Kapha.

Composição Total do Blend:

Amêndoa doce (Prunus amygdalus dulcis), Lavanda Spike (Lavandula latifolia), Grapefruit (Citrus paradisi), Cedro atlas (Cedrus atlantica), Pimenta Rosa (Schinus terebinthifolius), Bergamota (Citrus bergamia), Abeto azul (Picea pungens), Cardamomo (Elettaria cardamomum), Murta Limão (Backhousia citriodora), Hissopo decumbens (Hyssopus officinalis decumbens), Alecrim (Rosmarinus officinalis), Canela (Cinnamomum verum), Bay Rum (Pimenta racemosa). 

Blend Sama Dosha Pitta

O blend Dosha Pitta é uma combinação inteligente, reunindo qualidades refrescantes essenciais para pacificar este dosha ardente. Um calmante do espírito aguerrido da pessoa Pitta, ajuda contra a irritação da pele e subjuga o excesso de fogo com doçura.

Composição Total do Blend:

Amêndoa doce (Prunus amygdalus dulcis), Murta (Myrtus communis cineoliferum), Palmarosa (Cymbopogon martini), Lavanda Maillette (Lavandula angustifolia), Lima destilada (Citrus aurantifolia), Hortelã Pimenta (Mentha piperita), Cedro (Cedrus deodara), Gerânio Rosa (Pelargonium roseum), Baunilha (Vanilla planifolia),Ylang Ylang (Cananga odorata), Sândalo (Santalum spicatum),    Camomila Romana (Anthemis nobilis), Jasmim (Jasminum grandiflorum), Pau Santo (Bulnesia sarmientoi). 

Blend Sama Dosha Vata

Nosso blend é perfeito para equilibrar o dosha Vata, pois cria um efeito calmante na mente ao mesmo tempo em que reenergiza o corpo. Esta rara combinação de óleos traz toda uma gama de características aterradoras, ajudando no fortalecimento do sistema nervoso.

Composição Total do Blend:

Amêndoa doce (Prunus amygdalus dulcis), Pau Santo (Bulnesia sarmientoi), Lavanda Maillette (Lavandula angustifolia), Mandarina Vermelha (Citrus reticulata), Bergamota (Citrus Bergamia), Funcho Doce (Foeniculum vulgare dulce), Camomila Romana (Anthemis nobilis), Sândalo (Santalum spicatum), Manjericão (Ocimum basilicum), Murta Limão (Backhousia citriodora), Nardo (Nardostachys jatamansi), Patchouli (Pogostemon cablin), Angélica (Angelica archangelica), Tea Tree (Melaleuca ericifolia), Cypriol (Cyperus scariosus), Petitgrain (Mandarina) (Citrus reticulata), Canela (Cinnamomum glaucescens), Mandarina Vermelha (Citrus reticulata), Valeriana (Valeriana Peelerana), Manjerona (Origicumis marjoriana), Benjoim (Styrax tonkinensis), Valeriana Jatamansi (Valeriana wallichii), Olíbano (Boswellia carterii), Bálsamo de Tolu (Myroxylon balsamum), Vetiver (Vetiveria zizanoides).

Todos nossos blend roll-on contém 10 ml. Você sentirá os efeitos destes blends, utilizado-os em massagens, difusores ou por olfação direta. 

 

EDITORIAL OSHADHI 

Alguma Dúvida? 

Entre em contato: editorial@oshadhi.com.br

Quer conhecer mais de Aromaterapia?

Siga: @oshadhi_aromaterapia

2 thoughts on “Aromaterapia Ayurvédica: equilibre seu dosha através dos óleos essenciais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Alguma dúvida a respeito de Aromaterapia e Óleos Essenciais? Fique a vontade para fazer sua pergunta abaixo, nos comentários, ou entre em contato em nosso email: editorial@oshadhi.com.br. Quando respondermos ao seu comentário, você receberá um aviso em seu email (lembre-se de conferir sua lixeira e spam).