Aromaterapia para os Pequenos: algumas orientações básicas.

Quando vemos uma criança doente nosso coração se enche de compaixão. Parece-nos algo extremamente antinatural observar um pequeno que padece. Logo queremos encontrar uma solução que faça cessar seu sofrimento.

Isto não significa que qualquer recurso sirva para usarmos em nossas crianças. Por conta da fragilidade de seu organismo, que ainda está em formação, é preciso dobrar o cuidado e prestar muito atenção nos medicamentos e terapias que utilizamos em nossas crianças.

É louvável evitar antibióticos e outros tratamentos invasivos, mas como utilizar a Aromaterapia da forma correta? 

Muitas pessoas, principalmente as mães, perguntam-se de que forma utilizar os recursos que a Aromaterapia nos traz em seus filhos. Podemos utilizar em crianças? Podemos utilizar em bebês? A partir de que idade? Qual a dose? Qual a diluição?  Que óleos utilizar?

Neste post, vamos te dar algumas orientações básicas de como utilizar a Aromaterapia para os pequenos.

 

 Com que idade é seguro utilizar os Óleos Essenciais? Qual é a diluição segura?

 

 

Estas são as perguntas fundamentais, quando pensamos em utilizar a Aromaterapia em pequenos. Dentro do universo da Aromaterapia, não há uma resposta unânime para estas perguntas. Abaixo, reproduzimos as respostas de algumas das principais referências internacionais no mundo da Aromaterapia. Aprecie estas informações com cuidado e examine o que lhe parece mais adequado.

 

 

1- Liz Fulcher

 

Idade Diluição Razão
Abaixo de 3 anos Não Usar Óleos Essenciais.

Utilizar apenas Hidrolatos.

Não Usar Óleos Essenciais.

Utilizar apenas Hidrolatos.

3-6 anos 2-3 Gotas Diluídas em 30ml de Óleo carreador 0.5%
6 anos e mais velhos 5-6 Gotas Diluídas em 30ml de Óleo Carreador 1.0%
Fonte: Fulcher, Liz. 2016, Julho 24. Aromatic Wisdom Podcast #024: Safe Aromatherapy for Children [Audio podcast].

Acessível em http://aromaticwisdominstitute.com/024/ em 12 de Agosto de 2020.

 

2- Jane Buckle

 

Idade Diluição* Razão
Bebês prematuros Apenas Hidrolatos X
Recém-Nascidos a 6 Meses 1 Gota de Óleo Essencial em  20ml de Óleo Carreador 0.25%
6 Meses a 2 Anos 1 Gota de Óleo Essencial em 10ml de Óleo Carreador 0.5%
2-5 Anos 1 Gota de Óleo Essencial em 5ml de Óleo Carreador 1.0%
5-10 Anos 1-2 Gotas de Óleo Essencial em 5ml de Óleo Carreador 1.0-2.0%
10 Anos + 1-5 Gotas de Óleo Essencial em 5ml de Óleo Carreador 1.0-5.0%
 

*A autora adiciona a seguinte ressalva: “Exceto em se tratando de infecções específicas, por exemplo, onicomicose (fungo na unha dos pés) ou piolhos”.

 

Fonte: Buckle, Jane Aromaterapia Clínica Óleos essenciais no cuidado da saúde (Belo Horizonte, MG: Editora Lazlo, 2019), p.581.

 

3- Valerie Ann Worwood

 

Idade Diluição* Ratio
2 Semanas a 2 Meses 1 Gota de Óleo Essencial em 30ml  de Óleo Carreador 0.17%
3 a 6 Meses 2 Gotas de Óleo Essencial em 30ml de Óleo Carreador 0.33%<
7 Meses a 2 Anos 3-4 Gotas de Óleo Essencial em 30ml de Óleo Carreador 0.5%-0.67%
3 a 5 Anos 4-6 Gotas de Óleo Essencial em 30ml de Óleo Carreador 0.67%-1.0%
6 a 8 Anos 5-7 Gotas de Óleo Essencial em 30ml de Óleo Carreador 0.67%-1.0%
9 a 12 Anos 6-8 Gotas de Óleo Essencial em 30ml de Óleo Carreador 1.0%-1.33%

* Valerie Ann Worwood recomenda especificamente os óleos de Semente de Camélia (Camellia sinensis or Camellia oleífera) e óleo de Amêndoa Doce (Prunus amygdalus var. dulcus) como carreadores ideais para uso em bebês e crianças pequenas.

Fonte:  Worwood, Valerie Ann. The Complete Book of Essential Oils and Aromatherapy, 25th Anniversary Edition (Novato, CA: New World Library, 2016), 141-143.

 

4- Robert Tisserand & Rodney Young

 

Idade Recomendado % Máximo %
Bebê Prematuro 0% 0%
Até 3 Meses 0.1% 0.2%
3-24 Meses 0.25% 0.5%
2-6 Anos 1.0% 2.0%
6-15 Anos 1.5% 3.0%
15+ Anos 2.5% 5.0%
 

Tisserand e Young incluem a seguinte isenção de responsabilidade: “Essas concentrações não são baseadas em pesquisas e devem ser tomadas como sugestões úteis, em vez de regras absolutas. Os óleos específicos usados ​​e o estado de saúde do indivíduo também são fatores importantes.”

 

Fonte:  Tisserand, Robert & Young, Rodney. Essential Oil Safety (Second Edition. United Kingdom: Churchill Livingstone Elsevier, 2014), 47.

 

 Que Óleos Essenciais usar?

 

 

 

 

Depois de definidas as concentrações conforme as idades das crianças e bebês, resta-nos saber quais Óleos Essenciais podem ser utilizados com tranquilidade. E aqui vai mais uma lista para você:

 

 

  1. Lavanda (Lavandula angustifolia);
  2. Camomila Romana (Anthemis nobilis sin. Chamaemelum nobile);
  3. Laranja Doce (Citrus sinensis);
  4. Olíbano (Boswellia carterii);
  5. Cedro (Cedrus atlantica);
  6. Ylang Ylang (Cananga odorata);
  7. Helichrysum (Helichrysum italicum);
  8. Gerânio (Pelargonium asperum sin. Pelargonium graveolens);
  9. Pinheiro Silvestre (Pinus sylvestris). 

 

Fonte: Fulcher, Liz. 2016, Julho 24. Aromatic Wisdom Podcast #024: Safe Aromatherapy for Children [Audio podcast].

Acessível em http://aromaticwisdominstitute.com/024/ em 12 de Agosto de 2020.

 

E que Hidrolatos são mais adequados para o uso?

 

 

Segundo Suzanne Catty, uma das maiores referências em uso terapêutico de Hidrolatos no mundo, os Hidrolatos mais indicados para usar com crianças são o de Lavanda (Lavandula angustifolia), o de Camomila Romana (Anthemis nobilis sin. Chamaemelum nobile) e o de Camomila Alemã (Matricaria recutita). Continua a autora: “Existem situações em que os hidrossóis puros podem ser usados em bebês e crianças, mas geralmente não é necessário. Experimente uma solução bem diluída no início e vá aumentando a contração de hidrossol [hidrolato] conforme necessário. Não use nenhum hidrossol [hidrolato] puro sem testá-lo em diluição antes”. 

 

Fonte: Catty, Suzanne. Hidrossóis: A Aromaterapia do Futuro. (Belo Horizonte, MG: Editora Laszlo, 2020). pg. 344. 

 

Conclusão

 

Quando se trata de nossos pequenos, todo cuidado ainda é pouco. Por isso, este post dispõe algumas referências básicas para que você tome uma decisão mais consciente acerca do uso dos Óleos Essenciais. Sempre consulte seu bom-senso e, melhor ainda, consulte o bom-senso de um aromaterapeuta qualificado. A menos que você tenha uma formação adequada, é sempre desejável a orientação de um aromaterapeuta quando for usar os Óleos Essenciais para fins de saúde. 

 

Caso você queira aprofundar este assunto, recomendamos os seguintes livros: 

 

 

 

 

 

 

 

Editorial Oshadhi

Alguma dúvida a respeito de Aromaterapia e Óleos Essenciais? Fique a vontade para fazer sua pergunta abaixo, nos comentários, ou entre em contato em nosso email: editorial@oshadhi.com.br. Quando respondermos ao seu comentário, você receberá um aviso em seu email (lembre-se de conferir sua lixeira e spam). 

3 thoughts on “Aromaterapia para os Pequenos: algumas orientações básicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Alguma dúvida a respeito de Aromaterapia e Óleos Essenciais? Fique a vontade para fazer sua pergunta abaixo, nos comentários, ou entre em contato em nosso email: editorial@oshadhi.com.br. Quando respondermos ao seu comentário, você receberá um aviso em seu email (lembre-se de conferir sua lixeira e spam).