Nardo (Jatamansi): equilíbrio para a sua vida

 

 

Originário do “assento dos deuses”, a cadeia de montanhas do Himalaia, o Nardo, há milhares de anos, é um óleo essencial considerado sagrado e reconhecido tanto por suas propriedades espirituais quanto medicinais.

Com seu nome latino Nardostachys jatamansi, a planta é nativa das regiões úmidas do Himalaia e cresce na selva do Nepal, Butão e Sikkim em regiões montanhosas de até 3.000-5.000 m. Outras variedades também são encontradas na China e no Japão.

O nome «Jatamansi», em sânscrito, significa «Doador da Vida» e indica o quanto esta maravilhosa planta medicinal e seu óleo essencial foram apreciados na farmacopéia ayurvédica na Índia antiga. Sendo relacionado à Valeriana, pertence à família de plantas Valerianaceae e se assemelha em algum grau à Valeriana indiana (tanto em fragrância quanto em efeito). O Nardo é uma erva perene com uma forte raiz de madeira e um longo broto de 10-60 cm.

O óleo essencial é obtido através da destilação a vapor das raízes trituradas e secas desta erva. A destilação de 100kg da planta rende 1 litro do óleo essencial. Os principais ingredientes químicos são: bornilacetato, valeranona, jonona, tetramentiloxatriccilodecanola, éter mentiltimílico e 1,8-cineol. A fragrância pode ser descrita como terrosa e picante, conectada com uma nota quente. Aromaticamente, combina bem com os óleos de Lavanda, Limão, Sálvia Sclareia, Neroli, Patchouli e Vetiver.

Uma planta reconhecida como sagrada desde tempos antigos

 

 

Na antiguidade, já desde a época de Hamurabi (2.000 aC), o Nardo era considerado sagrado e utilizado em rituais descritos nos Cânticos de Salomão, sendo reservado apenas para reis, sacerdotes ou iniciados. No Novo Testamento, aprendemos sobre a unção de Jesus por Maria de Betânia antes da Última Ceia. Era um costume antigo homenagear convidados eminentes ungindo a cabeça e os pés com Nardo, testemunhando a alta estima que o óleo essencial era mantido nessas culturas. Na época, o valor deste óleo precioso equivalia à renda anual de uma pessoa de classe média. Mais tarde, também foi usado como um componente valioso em produtos para cuidados de beleza e em perfumes. Era comum vê-lo em formulações que unissem aromas de flores e que eram utilizadas por mulheres ricas no antigo Egito e Roma, por exemplo. As antigas rotas comerciais disponibilizavam o óleo essencial para os diferentes países do mundo da época.

Usos recentes

Experiências e pesquisas a respeito do óleo essencial de Nardo, mostram evidências de propriedades terapêuticas anti-inflamatórias, anti-sépticas, anti-piréticas, calmantes, sedativas, laxativas e tônicas. Sabemos que os óleos essenciais são moléculas muito pequenas que concedem poderes de cura aos níveis mais profundos de nossos corpos físicos e nossa consciência como um todo. Em virtude de sua complexidade estrutural e natureza elaborada, essas substâncias voláteis são capazes de chegar às camadas mais profundas de nosso ser apenas através da inalação ou da absorção através da pele. 

O óleo essencial de nardo também revela efeitos antiespasmódicos, tem fortes efeitos curativos em caso de epilepsia e é capaz de desacelerar os batimentos cardíacos, fortalecer o coração, compensar arritmias e regular as condições circulatórias, o que significa que tem capacidades anti-hipertensivas especialmente quando combinado com o óleo essencial de Ylang Ylang. Além disso, equilibra o sistema hormonal e ajuda com distúrbios estomacais. O óleo de Nardo revela qualidades calmantes dentro do sistema nervoso que se assemelham, apesar de mais profundas, à Valeriana. Portanto, também aqueles que sofrem de insônia podem encontrar alívio através deste óleo essencial. Além disso, todos os órgãos, incluindo o trato digestivo, são equilibrados através da atividade desta poderosa planta de cura. 

Kurt Schnaubelt, em seu livro Advanced Aromatherapy, escreve sobre o Nardo: “A aplicação externa do óleo, esfregada sobre o coração ou o plexo solar, fornece o efeito sedativo desejado. Este óleo tem uma afinidade distinta com a pele e é um dos poucos óleos que tem algum efeito contra a caspa.”

Uma planta equilibrante e calmante

O Nardo é dotado de propriedades calmantes e sedativas, particularmente no nível psicológico. É capaz de estabilizar o sistema nervoso e regenerar a mente após exaustão extrema. É uma ótima escolha caso seja necessária mais firmeza interior.

Este óleo espiritual é capaz de criar interação entre o aspecto físico e psicológico do homem, o que o torna uma escolha primordial para alcançar níveis mais profundos de consciência durante a meditação.

É um óleo perfeito para encontrar equilíbrio em nossa vida e em nosso caminho espiritual, pois o aspecto enraizador da planta nos ajuda a manter nossos pés ancorados no chão, enquanto seu perfume nos eleva a alma para retornar à sua fonte divina.

Banho relaxante para aterramento

 

Lydia Bosson em seu livro L’Aromathérapie Énergétique (Aromaterapia Energética) dá esta receita para quem está se sentindo sem chão e ansioso:

Tome um banho quente, adicione uma xícara de leite, uma colher de chá de mel e 5 a 8 gotas de óleo essencial de Nardo. Você sentirá instantaneamente o efeito calmante, aterrador e edificante deste óleo sagrado.

2 thoughts on “Nardo (Jatamansi): equilíbrio para a sua vida

  1. Charmaine Marie says:

    Nossa, fiquei muito interessada em adquirir o óleo essencial de nardo. Apesar de já ter inalado uma vez ele, e não ter gostado do seu aroma, sei da importância desse óleo sagrado. Ele está na cartela dos treze aromas estudados por gümble “terapia holística”.

    • Editorial Oshadhi says:

      Olá, Charmaine Marie! Tudo bem?

      Excelente referência! Gumble é um bruxo da aromaterapia, ele é capaz de fazer algo que poucos fazem:
      traduzir a concepção holística em termos científicos e práticas genuinamente terapêuticas.

      Certamente o óleo de Nardo é um óleo de destaque, que merece muito respeito enquanto ativo terapêutico.

      Um abração e grato por seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Alguma dúvida a respeito de Aromaterapia e Óleos Essenciais? Fique a vontade para fazer sua pergunta abaixo, nos comentários, ou entre em contato em nosso email: editorial@oshadhi.com.br. Quando respondermos ao seu comentário, você receberá um aviso em seu email (lembre-se de conferir sua lixeira e spam).